Ensinamento: O exemplo do bambu

Atualizado: 11 de Set de 2019

Devemos observar a natureza, e aprender com ela. No estilo Song Do Kwan aprendemos a ser como o bambu.


"O bambu se curva, mas não quebra, é flexível, mas firmemente enraizado. Mesmo com a simples brisa ele balança gentilmente, não resiste, se adapta, e suas raízes se mantêm firmes. É um símbolo de humildade e entrega, mas não subserviência. Se adapta aos problemas, sem perder a sua estrutura, de maneira gentil e suave, incansavelmente.


O bambu parece fraco, porém é forte. Não necessita de uma aparência grande e resistente. Porém resiste aos invernos e verões rigorosos, e dificilmente são arrancados por uma tempestade, quando grandes árvores nas mesmas situações perecem. Mostra como a importância não está em participar de algo grande, como uma grande escola, uma grande empresa, um grande corpo. Pareça simples, firme e reto e será mais forte.

O bambu está sempre preparado. Não depende de estações especificas do ano para sobreviver, não necessita de nenhuma preparação para se dobrar, não depende de nenhum trabalho de refinamento para ser usado.


Por mais que o bambu seja derrubado por grandes quantidades de neve, ele volta a verticalidade.Por mais que a vida derrube, volta novamente com força e determinação, independentemente do tempo necessário. Ensinando a força de se reerguer após as dificuldades, por maiores que sejam.


O bambu está sempre vazio por dentro. A única maneira de encher um copo, é esvaziá-lo primeiro. Está sempre vazio, para que sempre possa ser cheio por novas coisas. Ensinando a esvaziar a mente, para poder suceder.


Uma vez bem enraizado, cresce contínua e rapidamente. Ensina que um bom planejamento e uma boa base ética e familiar são o caminho para um grande crescimento.


O bambu, em sua simplicidade, expressa sua utilidade. O homem deve fazer o mesmo."


Seja como o bambu!

21 visualizações
HAPKIDO SONG DO KWAN
HAPKIDO SONG DO KWAN

Hapkido & Taekwondo

Rua Rocha Pombo, 649

Juvevê - Curitiba

WhatsApp-25px.png

Parcerias

MARCA-CLINICA-sombra.png
  • Facebook